Manifesto










1

A Mariamélia acredita na manufatura. Não como um fim em si mesmo, mas como uma prática que permite um melhoramento constante de um produto pelo saber fazer, na acumulação de conhecimento prático, pela repetição dos gestos e pelo gosto do fazer.

Mariamélia believes in the potential of handicrafts. Not as a purpose in itself but as a way to constantly improve a product through know-how, through craftsmanship, through the repetition of gestures and a genuine love for handwork.  






2

A Mariamélia acredita em objetos únicos, se bem que pensados de uma forma agregadora, que sejam significativos culturalmente. Não queremos desenvolver objectos apenas como exercícios de estilo. Acreditamos numa consequência nos processos de design: um melhoramento ou esclarecimento — uma iluminação, seja de um desenho, de um acabamento, de um material, de uma função.

Mariamélia believes in unique objects. Culturally significant objects that are considered holistically. We don't strive to design an object merely as a styling exercise. We believe consequent design processes that enlighten and improve, either its global design, its finishes, its materials, its function.






3

A Mariamélia advoga por uma forma mais consciente de consumo, que passe por objetos mais responsáveis: duráveis, naturais e produzidos localmente, com conhecimento da proveniência das matérias primas. Um objeto informado, mas também significativo, no sentido em que introduz algo de novo.

Mariamélia appeals to an increasingly conscient way of consumption. This implies more responsible objects: durable, natural, and locally produced objects, informed about the origins of its materials. An informed objects but also significant, that can introduce something new.






4

A Mariamélia vê os objectos como uma extensão do corpo e da casa. Um intermediário dos gestos. Como uma forma de humanização da vida quotidiana, de civilização, de respeito pelo entorno e pelo outro. Acreditamos na verdade dos objetos, um sentido de honestidade. Tudo isso só nos parece possível através de um trabalho de manufatura artesanal ou semi-industrial, em séries limitadas. Uma escala que define não só o padrão de qualidade que exigimos, mas o próprio ritmo de produção dos produtos. Uma escala e um ritmo humanizado, que não sacrifica nenhuma das premissas: materiais naturais de produção sustentável e manufatura por artesãos locais qualificados.

Mariamélia sees objects as an extension of the body and the home. As a mediator of gestures. The object as a form of humanizing daily life, civilization, and respect for the environment and others. We believe in a sense of honesty and truth in objects. All of this seems only possible through a work of artisanal or semi-industrial manufacturing, in limited series. A production scale and a humanized work rhythm that will not sacrifice any of these premises: natural materials of sustainable production and local manufacturing by qualified artisans.






5

A Mariamélia acredita na valorização do ato de consumo apostando na qualidade e no tempo de vida dos objectos, sustentado na qualidade intrínseca dos materiais e do design, mas também nas suas características simbólicas. Queremos poder alimentar um sentido de sonho pelos objetos, que nos resgate do cinismo constante da vida atual, ao valorizar o trabalho daqueles que produzem coisas sensíveis, com as suas mãos. Na Mariamélia queremos cuidar dessa sensibilidade, e cruzá-la com um olhar contemporâneo, para que a memória tenha que ver com uma construção sobre a tradição e não uma repetição de fórmulas.

Mariamélia believes in repurposing our acts of consumption by prioritizing quality and durability in the objects we buy, sustained by the intrinsic material and design qualities and their symbolic qualities. We strive to feed a sense of dream trough objects, that could rescue us from daily cynicism, by valuing the work of those who make sensible things with their own hands. At Mariamélia there's a mission to care for that sensibility and cross it with a contemporary vision, so that memory can build upon tradition and not only repeat its past formulas.




FILOSOFIA
PARTILHAR ︎    ︎    ︎